Defesa das Comunidades

DEFESA DAS COMUNIDADES

Defesa das comunidades com inclusão e cidadania

Atuamos por uma cidade mais igualitária e democrática. Precisamos avançar na reforma urbana, acesso à habitação com infraestrutura pública de saneamento, energia, transporte, acessos às políticas de saúde, educação, segurança alimentar e assistência para emancipação de comunidades vulneráveis, com protagonismo local e cidadania para o direito à cidade.

Porto Alegre possui mais de 800 áreas que demandam regularização fundiária e outras centenas de comunidades carentes da presença do poder público.

São milhares de pessoas fragilizadas pela insuficiência das ações do Estado. Há um campo enorme para acentuar a luta comum para promover a inclusão e cidadania desse grande número de famílias da capital e seguiremos perseguindo essas necessárias conquistas para uma cidade mais humana e igualitária.

Nossa cidade sofre os efeitos do período de retrocessos sociais, aberto com o golpe na Presidenta Dilma. O Brasil voltou a figurar no Mapa da Fome, e em Porto Alegre não é diferente pois o atual prefeito não priorizou os que mais necessitam e 15.608 famílias deixaram de receber o Bolsa Família.

Porto Alegre precisa mudar e iniciar um caminho novo, um novo ciclo, uma retomada para enfrentar com todas as forças as desigualdades, garantindo acesso aos serviços públicos de qualidade para todas as pessoas.

Agora é mudança. Agora é Manuela Prefeita e Rossetto Vice!

Leia as propostas no Programa de Governo
Cidade Viva! Humana, igualitária e participativa Defesa das comunidades com inclusão e cidadania Cidade Viva! Humana, igualitária e participativa

Nosso mandato retomará a tramitação dos projetos ainda não aprovados e seguirá junto das comunidades: ouvido as pessoas e trabalhando para encaminhar os problemas aos órgão competentes por resolvê-los, ou, denunciando a omissão dos gestores e mobilizando para pressioná-los.

NOSSOS PROJETOS: 

Vereador na Comunidade:- Visita, escuta e encaminhamento de demandas de comunidades vulnerabilizadas pela ausência ou insuficiência de serviços e políticas públicas. Com a equipe do mandato estabelecemos relacionamento com mais de 40 comunidades necessitadas de suporte em áreas como falta de água, regularização fundiária, transporte e mobilidade, pavimentação, Iluminação, esgoto, recolhimento de resíduos, manutenção de árvores que apresentam riscos: encaminhando as solicitações por meio de pedidos de providência aos órgãos públicos.

Revisão do PDDUA com participação: Apoio à articulação de entidades da sociedade civil buscando garantir a participação da comunidade em todas as etapas do processo que determina o funcionamento da cidade.

Participação popular e controle social: Atuação para criar e empoderar conselhos como fóruns deliberativos, fortalecimento de fundos municipais setoriais e a efetiva participação popular na destinação dos recursos públicos.

Direito à Moradia: Mandato engajado à luta por moradia adequada compreendendo acesso a serviços públicos de esgoto sanitário e prevenção de alagamentos; manutenção e conservação de vias públicas; serviço de transporte coletivo bom e com preço compatível à condição econômica dos que mais precisam; combate à segregação espacial da cidade e integração das pessoas. Encaminhamos inúmeras iniciativas, tanto em projetos de leis como em convocações de comissões, audiências, visitas aos territórios, apoio e acompanhamento a diversas lutas pela terra e inúmeros pedidos de providências.

Gentrificação em foco: Em parceria com a equipe do site Sul21, acentuamos o debate e exposição de fotos denunciando os processos de expulsão de populações mais pobres para a periferia, retiradas de territórios valorizados para favorecer a especulação imobiliária.

WhatsApp chat