Mobilidade Urbana

MOBILIDADE URBANA

Mobilidade urbana, sustentável e inclusiva

Melhorar a mobilidade urbana, com visão sustentável e inclusiva, é uma das marcas do nosso trabalho nos dois mandatos. Construir uma cidade mais acolhedora para os pedestres, com condições para o uso seguro da bicicleta, que dê prioridade ao transporte público de qualidade com tarifas justas e ações de redução do impacto ambiental, resultando em uma vida mais saudável, são nossas bandeiras cotidianas.

Ampliar políticas públicas para acessibilidade e intermodalidade. Por meio de projetos, recomendações ao Executivo, defesas na tribuna e campanhas educativas nas ruas e nas redes sociais, esses objetivos estão sempre presentes.

Mantivemos forte atuação no aprimoramento do Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI) e em iniciativas de apoio ao convívio harmônico da cidade com os ciclistas. Atuamos na criação de fundos e no estabelecimento de prazos para a instalação de ciclovias, ciclofaixas e bicicletários públicos. Infelizmente o Executivo não fez a sua parte, mas seguimos vigilantes.

Nos últimos dezesseis anos as coligações que governaram nossa cidade retrocederam. Já tivemos o melhor e um dos mais baratos transportes coletivos do Brasil e a acessibilidade era incentivada. O programa de Pavimentação Comunitária dos governos Olívio, Tarso Raul e Verle mudou a vida nas vilas populares. Hoje temos um sistema de transportes falido, linhas de ônibus extintas e o prefeito tentando aprovar propostas polêmicas como pedágio e subsídios sem nenhuma discussão com a população.

Porto Alegre precisa mudar e iniciar um caminho novo, um novo ciclo, uma retomada para estar ao lado dos usuários de transporte coletivo e do fortalecimento da Carris como empresa pública.

Agora é mudança. Agora é Manuela Prefeita e Rossetto Vice!

Leia as propostas no Programa de Governo
Cidade Viva! Humana, igualitária e participativa Mobilidade urbana, sustentável e inclusiva Cidade Viva! Humana, igualitária e participativa

Nosso mandato retomará a tramitação dos projetos ainda não aprovados e seguirá trabalhando por uma cidade onde se possa andar com tranquilidade tanto de ônibus e carro, quanto de bicicleta ou a pé.

NOSSOS PROJETOS: 

Prioridade ao pedestre: Nossa proposta é que 80% do montante arrecadado com multas de trânsito seja investido em políticas públicas para quem anda a pé.

Mais tempo para atravessar: Projeto estabelece que os pedestres terão, no mínimo, 30 segundos para atravessar uma rua com semáforo. Para dar mais segurança na travessia, o tempo poderá ser superior, adequando-se cada local e horário ao fluxo e ao ritmo de mobilidade das pessoas.

Participação comunitária na formulação do Estatuto do Pedestre: Requer a participação social de entidades, pessoas e associações com ênfase na mobilidade urbana na implementação do novo Estatuto do Pedestre em especial no tempo de travessia de ruas.

Conselho do Pedestre: Sugere regulamentar e implementar o Conselho Municipal do Pedestre (Consepe), previsto em lei.
Redução do limite de velocidade máxima – Projeto prevê a redução do limite de velocidade máxima nas vias urbanas de Porto Alegre. A medida limita em 50km/h a velocidade dos automóveis e motos e em 40km/h para ônibus e caminhões.

Cronograma do transporte público nas paradas: A proposta obriga o Executivo a afixar nas paradas, estações e terminais, placas informativas dos serviços de transporte público de passageiros, por coletivos e lotações, de Porto Alegre.

Cadeiras de Rodas na Orla: Sugere disponibilização de cadeiras de rodas ao longo da Orla do Parque Moacyr Scliar.

Bicicletário em vaga de carro é lei: Aprovamos a instalação de bicicletários em vagas de carro no leito das ruas.

Bike box: mais segurança para quem pedala. Aprovada a inclusão de ciclistas nos chamados bike box – bolsões de proteção – as áreas delimitadas exclusivamente para motos e bicicletas em sinaleiras, à frente dos carros.

Educação para o trânsito nas escolas: Projeto inclui a obrigatoriedade do tema nas escolas da rede pública municipal.

Ruas centrais para pedestres: Projeto propõe que determinadas ruas centrais sejam fechadas para o tráfego de carros.

De bici ao trabalho: Institui o Programa “Vou de Bici” e o selo “Empresa Amiga da Bicicleta”, estimulando o setor privado a incentivar o uso da bicicleta como meio de deslocamento.

Mais horários para bicicletas no Trensurb: Nosso diálogo para ampliação dos horários de transporte de bicicletas, no trem de superfície da Região Metropolitana, encontrou eco no contexto da pandemia, e foi ampliado.

Transporte de bicicleta em ônibus e lotação: Aprovamos Indicação para que a Prefeitura avalie a possibilidade de levar bicicletas dentro de ônibus e lotações, em horários alternativos, fora do pico.

Flexibilização dos horários de trabalho dos municipários: Para favorecer mobilidade propusemos o Programa de Incentivo à Qualidade de Vida e à Mobilidade Urbana. Voltado aos servidores da Prefeitura de Porto Alegre, permite a antecipação ou a prorrogação de horário de início e de término de sua jornada de trabalho, evitando que todos os municipários/as se desloquem no mesmo horário.

Faixa exclusiva para ônibus na Ipiranga: Desde 2013 o mandato demanda a implantação de faixas exclusivas para o transporte coletivo de ônibus e lotações na Avenida Ipiranga, entre as avenidas Borges de Medeiros à Antônio de Carvalho.

Cartão TRI online: Sugere ao Executivo viabilizar serviço online para consulta de créditos e aquisição de carga e recarga do cartão TRI de Transporte Integrado

WhatsApp chat