Saúde

SAÚDE

Defesa da vida com saúde pública de qualidade

O fortalecimento do Sistema Único de Saúde, a valorização de seus profissionais, o combate à terceirização de serviços e ao fechamento ou terceirização de 144 unidades básicas estão entre os compromissos e defesas do mandato.

A luta conjunta com as trabalhadoras/es do Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf) para a permanência na prestação de serviços no município, a contrariedade à terceirização dos Pronto Atendimentos Bom Jesus e Lomba do Pinheiro integram os recentes desafios que enfrentamos diante da gestão neoliberal do Executivo Municipal, Estadual e Federal que, apoiados na Emenda Constitucional nº95, reduzem os investimentos no setor, prejudicando o atendimento à população.

A Porto Alegre pioneira na municipalização da saúde, na criação do SAMU, no combate à AIDS e à mortalidade infantil, assistiu a chegada da pandemia da Covid-19 com seu sistema municipal de saúde fragilizado pelo descaso dos últimos governos.

Porto Alegre precisa mudar e iniciar um caminho novo, um novo ciclo, uma reorganizar a gestão da saúde municipal garantindo que todos os bairros da cidade sejam atendidos pela Estratégia de Saúde da Família, com Pronto Atendimentos e rede hospitalar suficiente.

Agora é mudança. Agora é Manuela Prefeita e Rossetto Vice!

Leia as propostas no Programa de Governo
Cidade Viva! Humana, igualitária e participativa Defesa da vida com saúde pública de qualidade Cidade Viva! Humana, igualitária e participativa

Nosso mandato retomará a tramitação dos projetos ainda não aprovados e seguirá na defesa de um sistema de atenção integral em saúde, em seus aspectos estruturais, sociais e culturais.

NOSSOS PROJETOS: 

Proíbe propagandas de produtos prejudiciais à saúde em eventos públicos: A iniciativa, através de projeto, veta a publicidade de cigarros e bebidas alcoólicas em eventos municipais visando a não ter a conivência e fortalecimento por parte do poder público de produtos que afetem à saúde.

Enfoque ao saudável nas políticas: Projeto propõe a alteração do nome da política de combate à obesidade e ao sobrepeso Porto Alegre Mais Leve, para Porto Alegre Saudável.

Proteção contra a Violência Obstétrica às gestantes e parturientes: O Projeto de Lei 44/17 estabelece medidas para proteger as mulheres de violência verbal, física ou psicológica e também ampliar as informações sobre essa conduta.

Dia sem carne: Projeto institui o Programa Dia sem Carne, para incentivar a prática da alimentação vegetariana e da filosofia vegana. A intenção é que, ao menos uma vez por semana, não seja oferecida carne e seus derivados em estabelecimentos prestadores de serviços de refeição das administrações direta e indireta no município. Um dos objetivos é reduzir o consumo excessivo de carne e suas implicações na saúde humana e no planeta.

Ampliação da licença-maternidade: Para garantir mais tempo às mamães, aprovamos uma Indicação sugerindo a ampliação da licença-maternidade, de 120 para 180 dias, para servidoras da Administração Municipal, medida não cumprida pela Prefeitura.

WhatsApp chat